Na maioria das vezes, o surrealismo está associado a melancolia ou mesmo depressão. Não é o caso do fotógrafo e diretor de arte Robert Jahns, que, em seu trabalho, exala alegria, iluminando sensações positivas.