Uma série de anúncios de uma época em que se comia com farinha.

Deixando de lado a polêmica sobre a qualidade do sotaque do Wagner Moura, a série Narcos do Netflix é uma bela produção sobre o reinado de um personagem que parece inventado pela mente do mais surrealista dos roteiristas.

E se você está assistindo a série sabe que, durante mais de uma década,  a maior parte da cocaína consumida no mundo saía dos laboratórios comandados por Pablito. O que você talvez não soubesse é que os anúncios presentes aqui nesse post eram legais até 1986. Eles exibiam de forma descarada novidades na área de parafernálias e acessórios para cocainômanos.

Os anúncios foram retirados de revistas de fama duvidosas como A High Times e a Hustler.