A organização Germen Crew em parceria com o governo do México, revitalizou a comunidade de Las Palmitas inteira apenas com o uso da arte do grafiti, na cidade de Pachuca.

O objetivo era tirar a imagem negativa do bairro, e para isso, artistas pintaram 209 casas, ou vinte mil metros quadrados de fachadas por 14 meses.

A obra é uma homenagem ao vento, já que o apelido da cidade é “La Bella Airosa”, uma frase espanhola que significa “a cidade de belos ventos”.

“Cada cor representa a alma do bairro. Tem sido um esforço de toda comunidade, cada família tem participado de alguma forma“, disse o diretor do projeto, Enrique “Mybe” Gomez, para o jornal The Guardian.

Comunidade antes do grafite.

No total, 452 famílias foram beneficiadas. E segundo relatos locais, o índice de violência entre os jovens diminuiu consideravelmente, provando que o projeto é um grande sucesso.

De acordo com o diretor Mybe, antes da grafitagem ser feita, Las Palmitas era mais uma área onde as pessoas evitavam sair às ruas depois de anoitecer. Mas agora ele começou a notar pessoas na rua conversando entre si e mais crianças fora de casa.

“Honestamente, o que mais me surpreende é ver que as pessoas estão realmente mudando“, disse o diretor da grafitagem. “Eles estão crescendo, há mais espírito comunitário. As pessoas estão cuidando da segurança do bairro com suas próprias mãos“.

A recepção do projeto foi tão positiva que os planos para grafitar outra região já está em andamento. A próxima parada deve ser “Cubitos”.