Neste domingo (02/03) acontece em Los Angeles a aguardada premiação do Oscar, e nessa edição os principais indicados são: ‘Gravidade’, ’12 anos de escravidão’ e ‘Trapaça’.

Cena do favorito ao prêmio principal, ’12 anos de escravidão’, de Steve McQueen

Muitos dos indicados já saíram consagrados em outros anos. A vencedora do ano passado na categoria de melhor atriz, Jennifer Lawrence, segue indicada novamente, dessa vez pelo seu papel coadjuvante em ‘Trapaça’, filme que possui o maior número de indicações – 10 no total -, ao lado de ‘Gravidade’ , que tem em seu elenco a também já vencedora Sandra Bullock. A única indicada a melhor atriz deste ano que nunca venceu a premiação é Amy Adams, que concorre com Judi Denchi (Philomena), Bullock (Gravidade),  Meryl Streep (Álbum de Família), e Cate Blanchett, a grande favorita por Blue Jasmine, de Woody Allen.

J-Law sendo simpática com a imprensa após vitória em 2013 pelo filme ‘O Lado Bom da Vida’

Jared Leto, famoso líder da banda 30 seconds to Mars, segue favorito na categoria ator coadjuvante pelo seu papel no Clube de Compras Dallas. Na categoria principal masculina, temos o já vencedor Christian Bale (Trapaça), o favorito Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas), o azarão Di Caprio (O Lobo de Wall Street), o veterano Bruce Dern (Nebraska), e Chiwetel Ejiofor, revelação por ’12 anos de escravidão’.

Os favoritos Matthew e Jared em cena do filme ‘Clube de Compras Dallas’

É a quinta vez que Di Caprio é indicado, e pelo visto vai ficar nisso mesmo. Conheça outros grandes perdedores da premiação mais famosa do cinema.

 O Homem elefante (1980)

‘Toda essa maquiagem e nenhum Oscar?”, pensa John Hurt.

Dirigido por David Lynch e com elenco de peso, o filme teve oito indicações e não levou nenhuma estatueta pra casa. Nem mesmo a incrível atuação de John Hurt conseguiu salvar a obra, que também foi indicada a melhor diretor, filme e diversas categorias técnicas. Apesar de não ter vencido, o filme está listado como uns dos melhores do IMDB.

O canhoneiro de Yang-tsé (1966)

Perdemos feio, podem largar as armas.

Com oito indicações, incluindo melhor filme, ator, ator coadjuvante e diretor, foi mais uma decepção. Levou nada.

Uma cruz à beira do abismo (1959)

‘Pelo menos fui indicada’, pensou a bela Audrey abraçada com um bebê.

Nem todo o talento de Audrey Hepburn foi capaz de fazer com que o filme levasse um prêmio. Oito indicações, entre elas, melhor filme, diretor (o quatro vezes vencedor Fred Zinemman), atriz, trilha, roteiro adaptado, som, edição e fotografia.

Quo Vadis (1951)

Todo esse trabalho e nem um Oscar técnico? Sacanagem!

Disputando com clássicos da época, como ‘Sinfonia de Paris”, “Um Lugar ao Sol” e “Uma Rua Chamada Pecado”, o épico não teve chance. Foi indicado em oito categorias importantes, entre elas melhor filme.

A Caldeira do Diabo (1957)

Cadê meu Oscar?

Com a belíssima Lana Turner, musa da MGM, o filme recebeu 9 indicações ao total, sendo 5 delas nas categorias de atuação. Ficou só nas indicações também.

Pérfida (1941)

Bette Davis pouco se importando, já tem dois Oscars na prateleira de casa.

Bette Davis deu muito trabalho para a produção e tinha até ameaçado largar o projeto. No fim das contas, o filme foi um sucesso de crítica e rendeu a ela mais uma indicação ao prêmio. 9 indicações e nenhuma estatueta dourada. Pena.

Bravura Indômita (2010)

10 indicações e nada?

Os irmãos Coen são diretores e roteiristas premiados por filmes como ‘Fargo’ e ‘Onde os Fracos não tem Vez’, porém, não tiveram a mesma sorte com o remake do clássico ‘Bravura Indômita’. O filme com um incrível elenco, incluindo a novata Hailee Steinfeld – indicada como coadjuvante aos 14 anos – foi uma grande decepção.10 indicações, nenhum prêmio. A noite era de ‘O Discurso do Rei’.

Gangues de Nova York (2002)

Eu sou o Di Caprio e vim liderar… a derrota!

Scorsese só conseguiu ganhar seu Oscar por ‘Os Infiltrados’ em 2007, mais de vinte anos depois do seu primeiro filme e outras grandes obras. Com Gangues de Nova York, que inclui o azarão Di Caprio, ele foi indicado na categoria melhor direção. O filme concorria em 10 categorias, mas perdeu a maioria para ‘Chicago’, grande sucesso da época que levou quase tudo. 

A Cor Púrpura (1985)

Cadê meu Oscar, cara?!?!

Talvez um dos melhores filmes de Spielberg e uma das melhores atuações de Whoopi Goldberg. O filme teve incríveis onze indicações. Onze!!!!

Momento de Decisão (1977)

Nem ligo para a derrota, o importante é concorrer.

Empatado com ‘A cor púrpura’, esse filme com Shirley MacLaine e Anne Bancroft teve 11 indicações. Um ano difícil, disputando com  “Noivo Neurótico e Noiva Nervosa’, “Star Wars: Uma Nova Esperança” e “Julia”. Azarão dos grandes.

Update: O filme ‘Trapaça’ concorria em dez categorias no Oscar 2014 e não levou nenhum. Mais um dos azarados da premiação, que consagrou ‘Gravidade’ em sete categorias e ’12 Anos de Escravidão’, que levou 3 prêmios, entre eles, melhor filme.