O mundo do cinema e da televisão já retratou diversas mortes e acidentes. E quando as mortes ocorrem de verdade nesse ambiente de fantasia? Alguns atores tiveram a infelicidade e faleceram durante produção de alguns produtos audiovisuais e certos casos são bem curiosos e nada óbvios. Confira:

Redd Foxx

Redd ficou conhecido pela série Sanford and Son, exibida pela NBC entre 1972 e 1977, com um total de seis temporadas. Em 1991, o ator participava da série The Royal Family, quando sofreu um ataque cardíaco. Na hora, ninguém do elenco acreditava que o ator estava passando mal, pois seu personagem tinha o hábito de colocar a mão no peito simulando um ataque e dizendo o bordão ‘”Elizabeth, estou chegando para se juntar a você!”. Ele faleceu aos 68 anos.

Jon-Erik Hexum

O jovem ator estava na gravação de um seriado da rede americana CBS, Cover Up, quando atirou contra a própria  cabeça. Ele não esperava que a arma que seria usada em uma cena estivesse carregada com um enchimento de papéis e plásticos, usados para selar a pólvora. Ele não resistiu e faleceu aos 26 anos.

Vic Morrow

Talvez uma das mortes mais tristes. O ator estava no set da versão cinematográfica de Twilight Zone (Além da Realidade no Brasil). Durante uma cena de resgate envolvendo duas crianças e um helicóptero, um acidente terrível. O ator e uma das crianças foram decapitados e outro ator mirim esmagado após o helicóptero perder o controle. O ator morreu em 1983 aos 53 anos.

John Ritter

O ator teve uma carreira de sucesso na televisão e no cinema, e chegou a vencer prêmios como Emmy e Globo de Ouro pela série Three´s Company. Em 2003, durante um ensaio da série 8 Simple Rules, que estava em sua segunda temporada, o ator passou mal e sofreu um ataque cardíaco e morreu na mesma noite. John faleceu aos 54 anos. A série continuou no ar, mas não decolou e foi cancelada pouco tempo depois.

Tyrone Power

Conhecido ator de teatro, cinema e tv, atuou em produções como A Marca do Zorro (1940). Durante as gravações do épico “Solomon and Sheba” em 1958, Tyrone sofreu um ataque cardíaco numa cena de ação. Ele nao resistiu e faleceu no mesmo dia.

Brandon Lee

Talvez um dos casos mais famosos seja o do filho do lendário Bruce Lee. Durante gravação do filme O Corvo, ocorreu um pequeno descuido. Uma arma foi carregada de verdade para uma cena, mas sem pólvora. Após a cena, as cápsulas foram retiradas, mas um projétil foi derrubado no cano. O projétil preso no cano foi disparado em Lee, que teve perfuração nos órgãos. O ator morreu em 1993, aos 28 anos.

Paul Mantz

Paul era apaixonado por aviação desde criança e aos 16 anos já tinha feito sua primeira aula. Após ser expulso da Escola das Forças Aéreas em 1927, ele decidiu seguir na carreira de dublê em cinema. Participou de alguns filmes, inclusive foi contratado por Howard Huges. Entre os destaques, o filme Air Mail, que foi um sucesso, ele se destacou por fazer uma cena arriscada. Em 8 de julho de 1965, durante a gravação do filme The Flight of the Phoenix, o ator sofreu um acidente no deserto, batendo com o avião de pequeno porte, que partiu ao meio. Paul faleceu aos 61 anos.

Roy Kinnear

Roy foi um ator conhecido pelos telespectadores do Reino Unido devido sua participação em programas de humor, além de filmes como Willy Wonka e Os Três Mosqueteiros. Durante as gravações de O Retorno do Mosqueteiro na Espanha, o ator caiu de um cavalo e foi levado às pressas a um hospital, porém não resistiu. O diretor Richard Lester ficou tão abalado que abandonou sua carreira. Roy morreu aos 54 anos.

Martha Mansfield

Ela é considerada a primeira atriz a morrer num set, em 1923. A atriz descansava dentro de um carro nos intervalos da gravação do filme The Warrens of Virginia, quando um membro da equipe jogou uma bituca de cigarro. O vestido da atriz, que era altamente inflamável, pegou fogo e ela não resistiu às queimaduras. Ela tinha apenas 24 anos.