O segundo filme da recente série do “Planeta dos Macacos”, “O Confronto”, chega aos cinemas brasileiros só no próximo dia 24. Mas lá fora, o longa já está há tantos dias em cartaz que até chimpanzés foram assisti-lo. Quer dizer, a história não é exatamente essa, mas o diretor de um parque na Carolina do Sul (EUA) realmente decidiu levar dois macacos para acompanhar uma exibição da obra em uma sala cheia de pessoas.

A dupla de símios escolhida para o passeio foi composta por Vali e Sugriva, moradores de um parque na cidade de Myrtle Beach. Os dois macacos não são exatamente inexperientes quando o assunto é TV, e costumam assistir a alguns programas como forma de entretenimento e, segundo o site inglês Daily Mail, são fãs do filme anterior – e, no caso de Vali, também da série do “Senhor dos Anéis”, vista por ele diversas vezes.

Na visita ao cinema, os dois passaram pela lojinha de doces e pipoca, entregaram os ingressos nas mãos do “porteiro” e acompanharam a exibição na íntegra junto de cerca de 1.000 pessoas em uma sala IMAX. A reação de ambos – que, por sinal, foi bem parecida com a de crianças – você confere no vídeo abaixo, uma matéria exibida pelo canal norte-americano ABC.

Durante o filme, Sugriva virou a cara nas cenas mais tensas, enquanto Vali, que “ama aplaudir”, bateu palmas nas partes onde os mocinhos apareciam e xingou naquelas em os vilões eram mostrados. Ou seja, aparentemente eles foram espectadores um tanto quanto inconvenientes para quem estava na mesma sessão.

A preocupação das pessoas na sala, no entanto, foi outra. Segundo o site de notícias britânico, ao menos duas delas questionaram a ideia de colocar macacos para assistir a um filme em que os símios usam armas e tomam o controle da Terra – mesmo com a dupla de chimpanzés garantindo que eles não são tão inteligentes assim. Veremos.

“Planeta dos Macacos: O Confronto” estreia no Brasil na próxima quinta-feira, 24 de julho. O longa-metragem mostrará a convivência de pessoas e macacos quatro anos após a humanidade ser quase extinta pela gripe símia, e tem direção de Matt Reeves.