Não faça as pessoas pagarem pela música, diz Amanda Palmer: deixe que elas paguem. Em uma palestra apaixonada que começa nos seus dias como artista de rua (deixe um dólar no chapéu para a noiva de 2,4m), ela examina o novo relacionamento entre o artista e o fã.

Um ícone do rock alternativo, ela acredita que não devemos lutar contra o fato de que o conteúdo digital pode ser distribuído de forma livre e gratuita – e opina que os artistas podem e devem ser pagos e apoiados diretamente pelos fãs.