Crianças são fofas e engraçadinhas, mas sabem ser bem “saidinhas” quando querem mandar a real com alguém. Afinal, elas ainda não são cheias de pudores e regras de moral como nós e falam o que vem na cabeça, doa a quem doer.

Confira 14 crianças que escreveram coisas feias, mas muito engraçadas.

Obrigado por não me fazer morrer

“Mãe, obrigado por me fazer comida, assim eu não morro”.

Fada dos dentes caloteira

“Querida fada dos dentes, eu perdi meu dente no dia 23 de outubro. Agora já é 12 de novembro. Eu perdi meu dente na pizza. Eu perdi dois hoje. Você me deve 1 dólar. Não querendo ser dura, mas eu preciso de grana. Annisa.”

Você conhece satã?

“Querido tio Bryan. Eu espero que você tenha um bom aniversário. Eu te amo, tio Bryan. Como vai você? Você já ouviu falar de satanás? Ele faz você fazer coisas más. Amor, Rebekkah”

Papai, seja bonzinho e assine esse documento

“Querido papai, eu posso fazer karatê?  Eu prometo não te machucar. Eu poderia lutar contra os ladrões e é um grande exercício. Posso fazer? Assine abaixo pra eu ter certeza”

Da série “sou bipolar desde pequena”

“Querida mamãe, você é a minha mãe preferida. Me desculpe por te chamar de pedaço de cocô. E eu te odeio e não vou para o meu quarto. Te amo mamãe. Sua filha, Karah.”

Como ser fofo mesmo com raiva

“Eu estou com raiva de você e não vou falar com você hoje e amanhã. PS: o dia todo. PSS: Eu ainda te amo”

Papai, deixa de ser frouxo!

“Querido papai, por que você quer ser vegetariano? Foi a mamãe que te fez querer? Se foi, você não precisa escutá-la, ela não é a sua chefe“

Que desculpa nada!

“Desculpa por causa de nada”

 Amor violento

“Querida mamãe, muuuito obrigada por ser a minha mãe. Se eu tivesse uma mãe diferente, eu a socaria na cara e iria te procurar. Amor, Brooke”

O pior/melhor presente de todos

“Obrigado pela fantástica arma de água que eu usarei pra atirar em você. Scott”

Verdades sinceras

“Querido Brody, a senhorita P. me fez escrever esse recado. Tudo o que eu quero é pedir desculpas por não me sentir culpado. Eu tentei me sentir culpado, mas não consigo. Lian”

Dando o troco no vizinho

“Quando eu tinha oito anos de idade, o cachorro do meu vizinho vivia fazendo cocô no meu jardim. Então, um dia, eu fiz cocô no jardim dele.”

Mamãe (des)ocupada

“Essa é a minha mãe e isso é o que ela faz todos os dias (assiste a Ellen*)“

* o show da Ellen Degeneres é um programa de entrevistas muito famoso nos Estados Unidos.

Sinceridades de natal

“Espero que você ganhe um monte de presentes e tenha um feliz natal… e você está gordo!”