Sabe aquela história do “parece, mas não é”? Se você digitar isso na busca do Google, vai descobrir uma série de exemplos intrigantes e, já aviso, bastante hilários!

Via de regra, essa é a expressão popular usada para despertar o nosso instinto curioso, e nos provocar a olhar uma segunda vez para as coisas, procurando por algo novo. Assim, quando alguma coisa vem acompanhada do rótulo de “parece, mas não é”, nossos sentidos já ficam em estado de alerta.

E se tem alguém que é craque em fazer pegadinhas nesse estilo, esse alguém é a natureza. Prova disso são as 17 imagens de flores que, a uma primeira vista, parecem outra coisa.

Mas por que seria um bom negócio para uma flor se parecer com alguma coisa diferente de uma, hã, flor? A explicação faz tudo ganhar sentido.

As flores, como órgãos reprodutores, evoluíram com um único propósito primordial em mente: atrair animais polinizadores, como insetos ou pássaros. Essa função tem impulsionado diferentes mudanças, que se manifestam em uma gama incrível de cores e formas misturadas, sendo que algumas chegam a parecer com várias figuras reconhecíveis, entre plantas ou animais.

As cores destas orquídeas extravagantes atraem insetos e pássaros, sinalizando que estão cheias de um saboroso néctar. Suas formas, por outro lado, muitas vezes evoluem para atrair ou acomodar polinizadores específicos ao mesmo tempo que espantam parasitas ou outros polinizadores menos desejáveis.

Algumas flores são mais acolhedoras para as abelhas, enquanto outras são perfeitas para beija-flores ou insetos diferentes. Mas é fato que suas cores deslumbrantes e formas inusitadas têm atraído um outro tipo de criatura: nós!

Dracula simia

Phalaenopsis

Orchis italica

Psychotria elata

Impatiens bequaertii

Ophrys bomybliflora

Anguloa uniflora

Impatiens psittacina

Antirrhinum

Caleana major

Espécie não identificada

Calceolaria uniflora

Habenaria grandifloriformis

Peristeria elata

Espécie não identificada

Habenaria radiata

Aristolochia salvadorensis, a orquídea Darth Vader