VOCÊ SÓ PODE ESTAR LOUCA, ISSO NUNCA ACONTECEU

CUIDADO, VOCÊ ESTÁ DESCONTROLADA

ISSO É COISA DA SUA CABEÇA

Se o seu companheiro fala com frequência uma dessas frases ou coisas semelhantes, se você duvida da sua percepção diante dos fatos e da sua sanidade mental, cuidado, você pode estar sendo vítima de abuso emocional, também conhecido como gaslighting.

Gaslighting é uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade. O termo vem de 1938, da peça Gas Light, em que um marido tenta deixar sua mulher louca diminuindo todas as luzes (que funcionavam a gás) da sua casa e então negando que a luz tenha mudado quando a sua esposa aponta a diferença. É uma forma muito eficaz de abuso emocional que faz com que a vítima questione seus próprios sentimentos, instintos e sanidade, o que dá ao parceiro abusivo muito poder. Uma vez que o parceiro abusivo tenha conseguido fazer a vítima perder a habilidade de confiar em suas próprias percepções, passa a ser muito mais provável que ela permaneça no relacionamento abusivo.

Geralmente, o abuso emocional acontece de forma gradual e sem que a vítima perceba. Com o passar do tempo, esses padrões abusivos aumentam, fazendo com que a vítima se torne cada vez mais dependente da relação e muitas vezes se isole de amigos e familiares. O abusador utiliza de técnicas que vão desde a negação dos fatos, como “eu não quero ouvir de novo” ou “nada disso aconteceu”, passando pela banalização dos sentimentos da vítima “nossa, como você é exagerada” e “não é motivo para tanto”. O gaslighting tem consequências desastrosas na vida da pessoa abusada e podem gerar problemas sérios como depressão, isolamento, ansiedade e confusão mental.

Segundo o grupo Livre de Abuso – criado para ajudar, orientar e acolher vítimas de vários tipos de abuso – para superar o gaslighting, é importante começar a reconhecer os sinais e eventualmente aprender a confiar em si mesma de novo. De acordo com o autor e psicanalista Robin Stern, os sinais de que você está sendo vítima de gaslighting incluem:

1- Você duvida de si mesma constantemente.

2- Você se pergunta “Eu sou sensível demais?” várias vezes ao dia.

3- Você constantemente se sente confusa ou até mesmo maluca.

4- Você está sempre pedindo desculpas ao seu parceiro.

5- Você não entende por que, com tantas coisas aparentemente boas na sua vida, você não está mais feliz.

6- Você frequentemente cria desculpas para justificar o comportamento do seu parceiro para seus amigos e sua família (ou até para si mesma).

7- Você começa a esconder informações dos seus amigos e da sua família para que não tenha que explicá-las ou inventar desculpas.

8- Você sabe que algo está muito errado, mas nunca consegue expressar exatamente o que, nem para si mesma.

9- Você começa a mentir para evitar as distorções da realidade e ser posta para baixo.

10- Você tem dificuldade para tomar decisões fáceis.

11- Você sente que costumava ser uma pessoa muito diferente – mais confiante, mais divertida e mais relaxada.

12- Você se sente desesperançosa e desanimada.

13- Você sente que não consegue fazer nada certo.

14- Você se pergunta se é uma parceira “boa o suficiente”.