O café Humus Bar oferece um desconto de 50% e outras vantagens para mesas compartilhadas por israelenses e árabes.

“Conosco, não há árabes. Mas também não há judeus. Temos seres humanos e um delicioso hummus árabe. E excelente falafel judaico”, escreveu no Facebook Kobi Tzafrir, dono do Humus Bar, em Kfar Vitkin.

Formaram-se várias mesas mistas nos últimos dias e muitos desses clientes se recusaram a pagar com desconto.

Tzafrir disse à al-Jazeera que há muitos árabes e israelenses convivendo juntos e que isso não aparece no noticiário, dominado por episódios de conflito entre palestinos e judeus.

“Muitos clientes agora me dizem que viram a postagem e mostraram apoio à ideia. Sejam árabes ou judeus, falam bem — disse, orgulhoso. — Já penso em manter essa promoção para sempre”, disse Tzafrir.

O café Humus Bar oferece um desconto de 50% e outras vantagens para mesas compartilhadas por israelenses e árabes.

“Conosco, não há árabes. Mas também não há judeus. Temos seres humanos e um delicioso hummus árabe. E excelente falafel judaico”, escreveu no Facebook Kobi Tzafrir, dono do Humus Bar, em Kfar Vitkin.

Formaram-se várias mesas mistas nos últimos dias e muitos desses clientes se recusaram a pagar com desconto.

Tzafrir disse à al-Jazeera que há muitos árabes e israelenses convivendo juntos e que isso não aparece no noticiário, dominado por episódios de conflito entre palestinos e judeus.

“Muitos clientes agora me dizem que viram a postagem e mostraram apoio à ideia. Sejam árabes ou judeus, falam bem — disse, orgulhoso. — Já penso em manter essa promoção para sempre”, disse Tzafrir.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)