Diagnosticada com um câncer raro aos 8 anos, Kylia Simonds não só conseguiu se curar da doença como hoje, aos 11 anos, quer ajudar outras crianças que passam por situação semelhante. Em um projeto de escola, ela criou a i-pack, uma mochila especial, projetada para auxiliar meninas que passam pelo processo de quimioterapia.

Na pequena mochila, que chegou a ganhar prêmios de inovação, cabem todos os itens necessários para o tratamento, facilitando a locomoção da criança. Até mesmo o suporte para a bolsa de medicamento é diferenciado, podendo apresentar formas divertidas, como corações ou símbolos de paz.

O projeto de Kylia Simonds foi financiado via crowdfunding, no GoFundMe, e já está prestes a conquistar o valor estipulado para colocar a i-pack em produção.