Quando queremos apurar uma informação, a internet pode ser um excelente recurso. Porém, é preciso estar sempre atento, buscar diversas fontes e desconfiar das informações sempre que possível. Isso porque os boatos, notícias falsas e imagens editadas são mais comuns do que podemos imaginar e fazem com que seja muito mais difícil distinguir a ficção da realidade.

Para derrubar o mito por trás de algumas imagens que fizeram sucesso na internet, o pessoal do site Paleofuture foi checar os fatos e revelou a verdade por trás de cada uma delas. Veja a matéria abaixo e confira se você foi enganado por alguma dessas fotografias.

1. Aurora boreal no Alasca

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

Quem teve a oportunidade de conferir de pertinho a aurora boreal no Alasca sabe que esse fenômeno é surpreendente. Mas, infelizmente, esse não é o caso da foto que você vê acima. Na verdade, a imagem é uma montagem feita a partir de umapanorâmica da nebulosa Orion capturada pelo telescópio Hubble.

A versão falsa surgiu em perfis no Twitter e no Tumblr, mas não foi possível descobrir quem foi o responsável pela edição. Sabe-se apenas que as montanhas foram criadas por Jacob Ankney, que publicou a imagem no DeviantArt em 2009. Para ajudar a entender a montagem da imagem, confira esse GIF:

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

2. Corrida de ônibus

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

Por mais que a ideia de uma corrida de ônibus de dois andares seja muito divertida, essa fotografia supostamente tirada em 1933 é falsa. Produzida mesmo antes do surgimento do Photoshop e de outras ferramentas de edição de imagem, concluiu-se que essa é uma fotomontagem.

Uma prova disso é que a imagem se encontra arquivada na pasta de fotografias retocadas ou editadas no Flickr do Arquivo Nacional da Holanda. Em comparação, à direita você vê uma imagem do mesmo ano (1933) que mostra um ônibus de dois andares sendo testado para checar sua estabilidade.

3. Superlua no parque

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

Será que essa superlua realmente tornou a noite mais bonita no Parque Nacional da Sequoia, nos Estados Unidos? Para a tristeza de todos nós, a resposta é não. E, se você se deixou iludir pela imagem, não precisa ficar chateado, pois até mesmo alguns especialistas acreditaram na veracidade do registro do fenômeno.

Parece que, quando se trata de belas paisagens da natureza, ficamos tão impressionados que não questionamos. E foi isso o que aconteceu com o Twitter da Associação de Conservação dos Parques Nacionais, nos Estados Unidos, que postou a foto como se fosse real. Na verdade, trata-se de uma montagem de uma paisagem francesa com uma lua gigante inserida no fundo.

4. Soldados da Guerra Civil

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

Essa imagem foi anunciada como uma das primeiras fotografias coloridas dos soldados durante a Guerra Civil, mas ela não é verdadeira. Pouco tempo depois ficou comprovado que se tratava de uma fotografia atual que contou com a participação de atores para reencenar o momento.

Mesmo assim, um dos maiores portais de História do Twitter compartilhou a imagem que vemos acima como se ela fosse real e tivesse sido capturada entre os anos de 1859 e 1871. A imagem e a informação foram retiradas de outro perfil no Twitter, o A. History, que é conhecido por fazer piadas justamente da falta de precisão no compartilhamento de dados históricos.

5. Lixeira para crianças

(Imagem: Reprodução/Paleofuture)

Não precisa ser muito esperto para ver que uma das imagens acima não é real, não é mesmo?! A fonte moderninha usada na placa entrega que se trata de uma edição, sem contar na maldade da frase “Despeje crianças feias aqui”, em tradução livre.

A imagem original é de 1928, pode ser encontrada no banco de imagens Getty Images e mostra claramente que a placa diz “Por favor, não pise na grama”, também em tradução livre. O que ninguém sabe explicar é como a garotinha foi parar lá dentro e por que alguém transformaria a imagem original, que já é perturbadora, em algo ainda mais estranho.