Uma onda de comoção digna de período eleitoral. No Twitter, mais de 3.700 menções em apenas um dia. No Facebook, mais de 21 mil curtidas em menos de 24 horas (e contando).

Milhares de internautas estão usando a hashtag #ligaçãoComFreixo no Twitter para debochar de uma matéria publicada pelo G1 no último domingo (9). A notícia sobre o suposto envolvimento do deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) com um dos responsáveis pela morte do cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes virou assunto nas redes sociais pelo título, digamos, confuso:

No Facebook, o tema viraliza em velocidade impressionante. A página satírica “Eu tenho ligação com Marcelo Freixo”, criada na madrugada desta quarta-feira (12), já alcança mais de 20 mil curtidas com brincadeiras inspiradas na matéria do G1. O advogado Caio Almendra, do Rio de Janeiro, criador da página, conta que a compartilhou com alguns amigos durante a madrugada, e que poucas horas depois, ela já contava com 600 likes.

“Até agora, não se comprovou a realização de nenhum crime pelo Freixo. Aliás, nem se chegou perto disso. O que existe é o termo ligação, que serve para o amigo do vizinho do cunhado do cachorro”, ironiza Caio, em entrevista por Facebook para o Brasil Post. Ele afirma ainda que “só com humor podemos mostrar o quão risível e ridícula foi a reportagem”.

Veja alguns dos memes mais engraçados da página: